Por dias melhores,

11145086310312-notcias-boas-festas-2015

É de convir que esse ano nos deixou de cabelos em pé, um ano de muitas idas e voltas, incertezas pairaram sobre grande parte da população, sendo que falta menos de 10 dias para o término do mesmo, por cima, nada mudará, as ruas serão as mesmas, os mesmos amigos, o riso tímido por parte daqueles que preferiam estar em casa vendo TV do que em uma roda de amigos bebendo e comendo, então pensam — é natal, tempo de ficar junto, Certo?… Mesa repleta de guloseimas, tortas, frango ou peru, que seja, a música com tom de celebração como um motivo para celebrar. Um brinde ao ano que virá — expressa em tom de gratidão um certo alguém motivado pela euforia. Ficar sozinho é uma opção, sendo que o ano terminará para todos. Do mais existem aqueles amigos cujo o ano não que a pouca de finda, não foi muito gentil, aquele amor, a pessoa querida que partiu, o emprego, as certezas, saúde, etc. De certo, por trás de toda essa passagem de horas, ha a representação de uma nova oportunidade, tudo que passamos é parte do que somos hoje. As festividades é a forma pela qual a sociedade se mantém em paz consigo, na reunião de amigos, a bebida, o soluço ao se permitir o ridículo. Tempo de festejar e agradecer ao Criador pelo sopro da vida.

A vida continua, é a canção que brota aos ouvidos. A fé na humanidade se há ao colaborar com o outro em favor da dignidade mutua. O gesto de “boas festas” a quem estar a passar pela rua, o vasto número de casas que receberam ajuda, pessoas que tiraram seu dia de folga para ajudar outros. Que mais dias como esses se multipliquem. Existe salvação para a humanidade e esperança em meio a essa geração confusa e perdida em meio ao mar de informações, desejo que no final a mesma reconheça o que realmente importa.

A humanidade é o grande presente que o Criador, cada parte de nós, a respiração, o olhar, as cores, tudo em volta é um presente. Meu desejo nesse final de ano é que cada cidadão tire um tempo para si, reflita sobre suas escolhas e se permita que o silêncio abrace o peito, talvez o medo e a desesperança queria visitar, mesmo assim, continue firme, vai passar, a lágrima vai secar no peito e no final, será um novo dia.

A maturidade como falam por ai, não se refere a anos, muito menos o quão ocupado você é. É algo intimo, que somente a reflexão e o silêncio é capaz de trazer. Afirmo no desejo que a essência do Criador nos direcione para um caminho de paz. A mudança no calendário será um dia igual a outros, nenhum segundo a mais ou a menos, entretanto, a tão sonhada felicidade é íntima, fruto da paz interior, isso amigo, só se consegue essa paz, amando e servindo a outros.

Boas Festas!

Elmadson Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: